Domingo, Junho 23Portal Comunica News

BH Airport simula ameaça de bomba em aeronave

Esse será o cenário a ser criado, no dia 15 de dezembro, em exercícios de simulação que serão realizados no aeroporto

Na manhã do dia 15 de dezembro, o BH Airport realiza mais um Exercício Simulado de Apoderamento Ilícito de Aeronaves (ESAIA) e Exercício Simulado de Ameaça de Bomba (ESAB). Os exercícios são obrigatórios e previstos pela legislação brasileira para aeroportos civis públicos. O objetivo, como parte do controle de qualidade de segurança da aviação civil, é uma forma de treinamento para verificar a eficácia dos procedimentos de segurança e dos planos de contingência.    

O desenvolvimento e a realização dos exercícios de segurança são de responsabilidade do aeroporto, em coordenação com a Polícia Federal. Durante o evento, também haverá a participação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, bem como de representantes dos operadores aéreos e demais órgãos públicos envolvidos nas ações de contingência.    

No evento, por não aceitar o fim do seu relacionamento, um homem que está embarcando com seu filho ameaça explodir a aeronave. “Diante dessa situação de tensão, os profissionais envolvidos nas ações de contingência poderão exercitar o plano de contingência e colocar em prática as ações esperadas de cada um deles. É uma oportunidade de capacitar as pessoas para atuar em cenários adversos”, ressalta Dardânia Leite, gestora de Sustentabilidade, Qualidade e Administrativa do BH Airport.   

Sobre o BH Airport          

Único aeroporto internacional de Minas Gerais, com localização estratégica e um dos principais hubs do país que atende a cerca de 50 destinos nacionais e internacionais. Desde 2014, o terminal é administrado por uma concessão, formada pelo Grupo CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina, e por Zurich Airport, operador do Aeroporto de Zurich, o principal hub aéreo da Suíça e considerado um dos melhores aeroportos do mundo, além da Infraero, estatal com experiência de mais de 40 anos na gestão de aeroportos no Brasil.  

 

Fonte: Link Comunicação Empresarial

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *