Quinta-feira, Junho 13Portal Comunica News

Roubos caem pela 10ª semana seguida no Centro de São Paulo

Casos de roubos e de furtos recuaram 34% e 17%, respectivamente, desde a criação do sistema de monitoramento nas cenas abertas de uso de entorpecentes

Os casos de roubos recuaram 34% na região da Santa Cecília e dos Campos Elísios, no Centro da Capital, desde a criação do Sistema de Monitorando de Cenas Abertas de Uso de drogas, ferramenta que realiza um diagnóstico semanal da segurança pública na região.

Já os índices de furtos registraram uma queda de 17% na última semana com relação a 27 de março a 2 de abril, início do monitoramento semanal. Em números absolutos, o indicador de roubos foi de 190 para 126 registros, e o de furtos, de 311 para 258.

“Os resultados positivos, comprovados pelas quedas em ambos os delitos patrimoniais nos dois bairros, são fruto do compromisso da atual gestão em restaurar e devolver o munícipe o centro da capital. Temos intensificado nossas ações e trabalhado diuturnamente para aumentar a segurança da população”, destaca o secretário de Segurança Pública, Guilherme Derrite.

Com relação ao mesmo período do ano passado, os roubos registraram queda de 5%, sendo a última semana, entre os dias 5 e 11 de junho, a 10ª seguida de recuo deste indicador. Em números absolutos, foram de 133 para 126 ocorrências. Já os furtos tiverem leve crescimento de 236 para 258 ocorrências, com uma elevação de 9%

A alta nos furtos teve influência direta dos grandes eventos realizados na capital no feriado prolongado dos dias 8 e 11 deste mês, como a Marcha para Jesus e a Parada do Orgulho LGBT+. Apesar de terem registrado queda de 24% nos roubos e furtos com relação ao ano passado, com recuo de 74 para 59 registros, as duas grandes festividades aumentaram a circulação de pessoas na cidade de São Paulo em comparação ao ano anterior, em especial no centro, gerando um contexto atípico, com grande aglomeração de pessoas em espaços públicos.

Prisão de 13 por tráfico no centro de SP

Pelas polícias de São Paulo, diversas operações são realizadas para combater o tráfico de drogas e, consequentemente, aumentar a sensação de segurança. Nesta quarta-feira, dia 14, 13 pessoas foram presas durante as operações “Downtown“ e “Isaias 60:20” no centro de São Paulo. Entre os presos, estão dois homens apontados como os líderes do tráfico de droga nas áreas centrais, responsáveis pelo abastecimento de diversos pontos de drogas.

Nas duas ações, coordenadas pelo Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), foram apreendidas mais de 3,5 mil porções de crack e cocaína, 100 gramas de skunk, além de 4,5 tijolos de maconha. Também foram encontrados pelos policiais 29 espelhos, usados para falsificar documentos, 179 cartões bancários e duas máquinas de cartões.

Demais ações da SSP

Além das ações pontuações, resultante de investigações, outras ações são realizadas pelas forças policiais, que desempenham um papel fundamental para a recuperação do centro paulistano.

A Polícia Militar reforçou o policiamento na região com a Operação Impacto Centro, que intensificou o patrulhamento ostensivo com 120 policiais e 80 motocicletas. Já a Polícia Civil realiza a Operação Resgate, com o objetivo de asfixiar o tráfico de drogas no centro.

Além das operações das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica que são realizadas constantemente na região, a pasta também estuda e desenvolve políticas públicas para gradativamente mudar este cenário.

Fonte: Secretaria de Comunicação do Estado de São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *