Quinta-feira, Junho 13Portal Comunica News

Escola Korú busca mais Diversidade e Inclusão no mercado de trabalho e abre inscrições para bolsas de até 100% em cursos de tecnologia

Bolsas estão disponíveis para mulheres, pessoas negras, LGBTQIA+, pessoas com deficiências e pessoas que não tenham um emprego formal. Inscrições para 100 novas bolsas ficam abertas até 12 de dezembro.

Na busca pela transformação do mercado de trabalho, com mais Diversidade & Inclusão e onde todos possam ter boas oportunidades, a Escola Korú abre nova seleção de bolsas de até 100% para estudar Engenharia de Dados e o novo curso de Desenvolvimento de Software. As bolsas integrais estão disponíveis para mulherespessoas negrasLGBTQIA+, pessoas com deficiências e pessoas que não tenham um emprego formal, com inscrições abertas até 12 de dezembro pelo site https://escolakoru.ves.jobs . As aulas começam em fevereiro de 2023 e parte delas é presencial no hub da Korú em Campinas (SP).

São seis meses de curso, com carga horária de 10 horas semanais, divididas entre aulas presenciais em Campinas (duas horas), aulas online ao vivo (quatro horas) e tempo de dedicação ao projeto e aulas gravadas (quatro horas). As bolsas são ofertadas em parceria com várias instituições como, por exemplo, o Grupo Mulheres do Brasil, aTip, Gerando Falcões, Transempregos, Todxs, Potência Tech, entre outros. O resultado das candidaturas sai até dia 16 de dezembro de 2022.

As pessoas que não se encaixarem nessas condições de bolsas integrais, mas não podem arcar com os custos totais dos cursos da Korú, também podem se inscrever e ganhar até 75% de bolsa. Isso é possível porque a startup conta com várias empresas parceiras que contribuem para a transformação de mercado.

“Quanto mais empresas se associam à Korú, mais bolsas e oportunidades podemos oferecer às pessoas. O crescimento da Korú também é o crescimento de uma sociedade melhor e mais inclusiva e em pouco tempo de atuação já temos visto uma transformação real, em que as pessoas que mais precisam contam com educação de qualidade, as organizações têm mão de obra qualificada e todo esse ecossistema muda com acesso de pessoas que antes eram marginalizadas.  O futuro de uma sociedade sustentável está na integração das minorias em sala de aula e nas empresas”, ressalta Daniel Spolaor, CEO da Korú.

Misto de edTech e hrTech, a Korú é uma accessTech que criou um modelo que incentiva empresas a investir na educação dos colaboradores e também na formação no setor de tecnologia; grandes marcas como Ambev, Sinch, Votorantim, Arcor e Luxxótica já se associaram.

Para além do aprendizado teórico e técnico, os estudantes aprendem soft skills (habilidades humanas) essenciais para qualquer profissional. Para melhor prepará-los para o mercado de trabalho, a Korú utiliza a metodologia “work based learning” ou “aprendizagem baseada em trabalho”, que consiste em práticas nas quais os alunos desenvolvem soluções para problemas reais das empresas parceiras da Korú. 

A transformação já começou

O cofundador e diretor de atração e diversidade e inclusão da Korú, Caio Zaio, que tem ampla experiência na área de Recursos Humanos e na defesa da diversidade e inclusão em grandes organizações, comenta a importância da oferta de bolsas de estudo no Brasil: “No mercado de trabalho, mesmo dentro do meio startupeiro, ainda há pouca diversidade; apesar de se autodeclarar ‘inovador’, o setor se assemelha ao mercado corporativo tradicional, ocupado por e feito para pessoas privilegiadas. A inovação se resume, na maioria das vezes, à tecnologia, esquecendo o desenvolvimento social. Nosso papel enquanto accesstech é criar oportunidades para pessoas. Por isso começamos na raiz do problema, que é a formação, com uma metodologia que também oferece prática, networking e consciência do contexto social no qual estamos inseridos, dando as condições necessárias para que as pessoas que estudam na Korú ocupem melhores posições no mundo do trabalho”.

É o caso do Jefferson Paixão, 33, aluno de Marketing Digital da Korú. Fora do mercado de trabalho há dez anos e, com uma bolsa integral, Jefferson pôde voltar a estudar a área que sempre gostou. Por incentivo da escola, abriu um perfil no LinkedIn. Lá, fez um post sobre sua história de vida, expressando a alegria por estar novamente em uma sala de aula. Uma startup de publicidade visualizou o post e convidou para uma conversa, da qual Jefferson saiu contratado como community manager da startup. “Para mim, a bolsa integral foi um passaporte para outra realidade, de ascensão financeira, de qualidade de vida. Na Korú, mais do que ter ensino de qualidade para fazer marketing digital, eu aprendi a me enxergar como profissional, a descobrir minhas potências, a desconstruir medos e acreditar que eu, uma pessoa preta, periférica e trans não binária, posso alcançar lugares que nem imaginava”, comenta.

A Denise dos Santos, 34, é outra aluna de Marketing Digital da Korú, com bolsa integral. Formada em tecnólogo de Processos Gerenciais, ela era gestora de um espaço de beleza que fechou durante a pandemia. “Se eu tivesse que pagar um curso, hoje, seria muito difícil pra mim. Essa bolsa significa ter a oportunidade de voltar a estudar”, comenta. A Korú desperta nos estudantes as habilidades técnicas e profissionais exigidas pelo mercado, e, também, o desejo de multiplicar a diversidade e a inclusão por onde passam. “Além do conhecimento técnico, está sendo muito válido conviver com a diversidade. Pretendo abrir um espaço de beleza que funcionará como salão e escola para novas profissionais, com foco em mulheres que estão em vulnerabilidade social”, conta a aluna.

Cursos profissionalizantes Korú

Nesta edição de seleção e bolsas, dois cursos estão disponíveis aos candidatos: Engenharia de Dados ou Desenvolvimento de Software. 

Novidade na Korú, o curso de Desenvolvimento de Software conta com uma formação Full Stack, onde o aluno será preparado para atuar no desenvolvimento de soluções computacionais (back-end) e também na programação de interfaces focadas na experiência do usuário (front-end). Ao interagir com as linguagens e frameworks mais utilizadas no mercado, o estudante desenvolve a capacidade de utilizar os dados para tomada de decisão e se prepara para construir soluções robustas para os mais diversos segmentos digitais.

Já o curso em Engenharia de Dados é a oportunidade ideal para aprender sobre a estruturação, utilização e gestão dos dados. Neste curso são apresentadas práticas de arquitetura da informação, utilizadas na organização de grandes volumes de dados. O estudante terá a oportunidade de aplicar esses conceitos juntamente com as tecnologias emergentes do mercado e seguindo as diretrizes de segurança da informação. Com isso, o profissional é capaz de gerar informações que possam ser utilizadas em tomadas de decisões estratégicas.

Serviço

Escola Korú | Inscrições para bolsas de 25% a 100% para mulheres, pessoas negras, LGBTQIA+, pessoas com deficiência e pessoas que não tenham um emprego formal

Período de inscrição: até 12 de dezembro

Inscrições pelo site https://escolakoru.ves.jobs

Resultado das candidaturas: até 16 de dezembro

Informações: caio@escolakoru.com.br | (11) 91240-3639

Endereço: Rua Maria Monteiro, 198 – Campinas – São Paulo

 

Sobre a Korú

Fundada em 2022, a startup é uma aceleradora de oportunidades e carreiras que acredita que o futuro de uma sociedade sustentável está na integração das minorias em sala de aula e nas empresas. Misto de edTech e hrTech, a accessTech criou um modelo que incentiva empresas a investir na educação dos colaboradores e também na formação no setor de tecnologia; grandes marcas como Ambev, Sinch, Votorantim, Arcor e Luxxótica já se associaram. Também criou um sistema de bolsas de diversidade e inclusão e oferece cursos profissionalizantes nas áreas de maior demanda do mercado que colocam os alunos em contato com uma rede de empresas parceiras e oportunidades reais de trabalho. Neste ano, a Korú inaugurou seu primeiro nanohub em Campinas (SP) e se uniu ao Movimento Tech, iniciativa do iFood e da XP Inc., que tem o objetivo de acelerar a capacitação e a empregabilidade de jovens em tecnologia até 2030. Saiba mais em www.escolakoru.com.br.

 

Fonte: Maya PR

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *