Domingo, Junho 23Portal Comunica News

Chef Aprendiz abre 40 vagas para jovens em situação de vulnerabilidade que desejam ingressar no mercado de gastronomia

No total, serão dois cursos presenciais ministrados, um no bairro do Belenzinho, na cidade de São Paulo, e o outro em Embu das Artes

 

Foto - Rafael Coelho Martinez
Foto – Rafael Coelho Martinez

 

O Chef Aprendiz, projeto de desenvolvimento humano que usa a gastronomia como a principal ferramenta para capacitar jovens em situação de vulnerabilidade social para o mercado de trabalho, oferece 40 vagas para jovens entre 17 e 24 anos que tenham disponibilidade para frequentar as oficinas por seis meses. 

Serão realizadas duas edições simultâneas do Chef Aprendiz. Os interessados que residem em Embu das Artes, na grande São Paulo, podem se inscrever até 17 de janeiro por meio do Whatsapp (11) 94274-0770 (Emy), e a entrevista acontecerá presencialmente no dia 18 de janeiro, às 14h. Para os jovens do Belenzinho, bairro da zona leste da capital, a inscrição pode ser feita até 18 de janeiro no (11) 95787-2384 (Amanda), e a entrevista, também presencial, será no dia 19 de janeiro, às 10h.

Toda a programação das oficinas é gratuita para os candidatos e terá início em fevereiro. As edições Belenzinho e Embu das Artes são viabilizadas pela lei de incentivo ProAC ICMS e contam com o patrocínio: Comgás (diamante), Tirolez (ouro), Wickbold (prata), Kikkoman (bronze) e Oster® (bronze). O projeto social Chef Aprendiz foi criado para apoiar os jovens na passagem para o mercado de trabalho, considerando aulas práticas e teóricas em torno da gastronomia, e também proporciona espaços de escuta, autoconhecimento e desenvolvimento humano.. 

“Muito além de ensinar técnicas de gastronomia, buscamos apoiar o desenvolvimento dos jovens também emocionalmente para que se sintam mais preparados para o mercado de trabalho e para a vida. Após o ciclo de oficinas, encaminhamos os jovens para oportunidades de emprego em cozinhas de estabelecimentos parceiros”, complementa Beatriz Mansberger, fundadora do Chef Aprendiz.

Beatriz Mansberger, fundadora do Chef Aprendiz
Beatriz Mansberger, fundadora do Chef Aprendiz Foto – Marcelo de Breyne

Das oficinas do projeto Chef Aprendiz já saíram profissionais que hoje trabalham em importantes estabelecimentos como o Hotel Emiliano, Palácio Tangará, Jui, Pato Rei, Jacarandá, Mica Chocolates, Handz by Rodrigo Einsfeld, Confeitaria Christina, Incânta Gourmet, entre outras cozinhas parceiras.

Chef Aprendiz no mercado de trabalho

O Chef Aprendiz é um projeto de desenvolvimento humano que usa a gastronomia como principal ferramenta para a inserção de jovens em situação de vulnerabilidade social no mercado de trabalho. Fundado em 2015, já formou 163 jovens de 11 comunidades diferentes da cidade de São Paulo. Destes, 73% estão trabalhando na área gastronômica, atuando em outras áreas e contando com o apoio do projeto para se recolocar no mercado.

Serviço: 

Curso: Chef Aprendiz Embu das Artes

Modalidade: Presencial

Inscrições: até 17 de janeiro no (11) 94274-0770 (Emy)

Entrevista final: 18 de janeiro, às 14h

Onde: Acorde – Estrada do Moinho Velho, 1.144

Início: 01 de fevereiro

Período do curso: segunda e quarta, 13h às 17h

Vagas: 20

 

Curso: Chef Aprendiz Belenzinho

Modalidade: Presencial

Inscrições: até 18 de janeiro no (11) 95787-2384 (Amanda)

Entrevista final: 19 de janeiro, às 10h

Onde: Casa Transitória Fabiano de Cristo – Av. Condessa Elizabeth de Robiano, 454

Início: 02 de fevereiro

Período do curso: terça e quinta, 09h às 13h

Vagas: 20

 

Sobre o Chef Aprendiz

O principal projeto social do Fadaris –  Instituto de Desenvolvimento, Educação e Cidadania, atua desde 2015 em comunidades da capital paulista, já impactou 652 pessoas das regiões de Paraisópolis, Campo Limpo, Glicério, Jd. Colombo, Valo Velho, Capão Redondo, Chuvisco, Liberdade, Vila Andrade, Americanópolis e Fraternidade. Uma competição final coloca à prova os conhecimentos adquiridos durante as oficinas, e encerra o processo com chave de ouro. Os jurados presentes oferecem vagas de emprego para os jovens que querem iniciar uma carreira como auxiliar de cozinha. 

90% dos alunos receberam pelo menos uma oportunidade na área. Alguns iniciaram carreira na cozinha e seguiram por outros caminhos, como enfermagem, engenharia e psicologia. Temos aproximadamente 73% dos jovens trabalhando ou participando de entrevistas de emprego.

Durante quase seis meses, aproximadamente 20 jovens, de 17 a 24 anos, vivenciam aulas teóricas e práticas sobre gastronomia e autodesenvolvimento de modo a prepará-los para o mercado e para a vida. São 40 oficinas, realizadas na comunidade atendida, divididas em três eixos:

  • Meu mundo interno: alfabetização emocional, autoconhecimento, meditação, apoio psicológico, dinâmicas de psicodrama, além de outras dinâmicas psicoterapêuticas em grupo;
  • Mundo do trabalho: educação financeira, preparo para entrevistas de emprego, elaboração de CV, carreira e outros temas relacionados ao universo profissional;
  • Mundo da cozinha: técnicas básicas, história da gastronomia, nutrição, receitas práticas, legislação e conteúdos do Ensino Médio aplicado.

As quatro primeiras edições aconteceram com financiamento coletivo, e em 2019 passou a realizar o projeto com auxílio de leis de incentivo, como Proac e Promac. A edição Fraternidade foi realizada na Casa Chef Aprendiz para jovens egressos ou em situação de acolhimento e foi a primeira a ser realizada com patrocínio privado.

Para saber mais: assista o vídeo e visite o site.

 

Fonte; Visar Planejamento – www.visarplan.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *